QUEM SOMOS

Bonito, MS, Brazil
Conheça Bonito... com quem conhece Bonito. Visite www.ygarape.com.br

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Trilha Bonito/MS com Juca Ygarapé



No dia de ontem 30/12, Juca Ygarapé e o grupo de Ituporanga/SC fizeram trilhas nas estradas de Bonito/MS, onde foi pura adrenalina.

Confiram as fotos abaixo

Pra quem gosta de aventura e curte a natureza, não pode deixar de fazer o passeio 4x4 Bonito e Pantanal, que a agência Ygarapé Tour oferece, com roteiros exclusivos.



Agência
Ygarapé Tour
Tel: (67) 3255-1733 Fax: (67) 3255-1846
Rua: Cel. Pilad Rebuá, 1853
Centro  -   Bonito MS
CEP: 79290-000
www.ygarape.com.br



quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Bonito: A natureza em toda a sua exuberância

Com uma rica diversidade ecológica, cidade no Mato Grosso do Sul possui rios de águas cristalinas que abrigam diferentes espécies de vida, cavernas que parecem galerias de arte, cachoeiras e muito mais

Mato Grosso do Sul - Mesmo o mais observador de todos se surpreende quando descobre tudo o que a densa mata do cerrado esconde. Bonito é um verdadeiro tesouro da natureza. A cidade é dona de rios de águas cristalinas, que servem de abrigo para diferentes espécies de vida e onde a flutuação e o mergulho de cilindro são os esportes mais comuns. Peixes e plantas multicoloridos e belíssimas cachoeiras encantam a todos os visitantes.

Devido à grande quantidade de calcário dissolvido nas águas das cachoeiras e sua deposição sobre as rochas, as águas acabam fazendo com que estas cachoeiras se tornem uma atração à parte.
 
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
E, como se tudo isso não fosse suficiente, desbravando a região ainda encontramos as curiosas cavernas, que, formadas há milhões de anos na rocha calcária, acrescentam ainda mais beleza à natureza local. Muitas dessas cavernas são inundadas, possuem formações de estalactites, cortinas, estalagmites, conferindo a este lugar a sensação de estarmos em uma galeria de arte, só que toda esculpida pela natureza. E é ali que os amantes de aventura concretizam seus mergulhos em caverna. Sem dúvida, um santuário.

As águas dos rios de Bonito estão sempre límpidas e isso se dá pelas características geológicas e climáticas do local, que permeiam em seu interior como se fosse um sistema hídrico, captando as águas das chuvas, e dissolvendo o mineral nos rios subterrâneos.

Hoje, Bonito é um dos destinos de ecoturismo mais procurados do Brasil. Além de oferecer boa variedade de hotéis, pousadas e restaurantes, sua natureza é sem igual. Chegando lá, não deixe de fazer um dos passeios de flutuação com snorkel, as trilhas pelas cachoeiras, passeios de bote e conhecer os belos lagos e cavernas. É de ficar boquiaberto com tanta beleza.

Visitando a região mantenha sempre em mente que o cuidado com a natureza e a conservação são itens obrigatórios na sua mala de viagem. Além disso, é essencial contratar um guia de turismo para acompanhá-lo nas atividades. Alguns lugares são de difícil acesso e sem um profissional experiente você pode se perder ou se machucar.

Venha a Bonito e prepare-se para viver uma emoção diferente a cada dia!

Fonte: O Dia

Réveillon em Bonito terá segurança reforçada

Rua principal - Coronel Pilad Rebuá
Com o objetivo de garantir a segurança dos moradores e turistas que escolheram o destino de Bonito (MS) para passar o Réveillon, a Polícia Militar intensificará as ações preventivas nesta semana.

Além do patrulhamento motorizado, vem sendo realizado à noite policiamento a pé no centro da cidade, para atender o aumento da circulação de pessoas na área comercial.

 
Os policiais também farão testes de bafômetro para evitar excessos por parte dos motoristas.

A ação preventiva segue até o dia 2 de janeiro de 2011.
 
Fonte: Bonito Brasil

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Empresário Juca Ygarapé captura imagens no Pantanal para programa da TV Globo.

A convite da TV Globo, Juca Ygarapé participou de mais uma filmagem jornalística para a emissora, onde o destino desta vez foi o Pantanal, que é a maior área úmida continental de água doce do planeta. O Pantanal também funciona como um corredor de conexão entre Bacia Amazônica e Bacia do Prata.

Juca que é mergulhador, cinegrafista e empresário, dono da agência de turismo Ygarapé Tour e proprietário da escola de mergulho Bonito Scuba na cidade de Bonito/MS, capturou imagens inéditas deste cenário maravilhoso e nada fez com que o impedisse de filmar, nem mesmo o jacaré que tomava seu sol tranquilamente. Aventureiro por natureza, Juca não perdeu a oportunidade de fazer as imagens subaquáticas e registrou tudo que passou pelos seus olhos, não deixou nada passar despercebido.

O Jornalista responsável Tonico Ferreira contou com a experiência e habilidades do Juca para mergulharem na Serra do Amolar, sobrevoaram também a área juntamente com o Coronel Rabelo, uma das mais belas paisagens pantaneiras, localizada na fronteira do Brasil com a Bolívia, entre Cáceres (MT) e Corumbá (MS), onde puderam apreciar a beleza do nosso Pantanal. Algumas das imagens capturadas pelo Juca Ygarapé podem ser visualizada no blog e no site.


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Bonito tem o maior aquário natural de água doce do Brasil, além de grutas, cachoeiras e trilhas

Piraputangas, peixes típicos da região, podem ser vistos de pertinho no rio da Prata

Rios de águas límpidas repletos de peixes multicoloridos, enormes cachoeiras, grutas, paredões rochosos e mata atlântica são apenas alguns dos encantos de Bonito. Localizada na região da Serra da Bodoquena, a menos de 3 horas de Campo Grande, a pequena cidade sul-mato-grossense oferece inúmeras opções de esportes radicais aos seus visitantes, por isso, prepare-se, por lá só não vale ficar parado.

Devido a inúmeros acidentes geológicos, a região ao redor de Bonito tem uma grande concentração de calcário no solo, motivo da supertransparência da água dos rios, as principais atrações turísticas da cidade. As atividades mais cobiçadas por quem visita o local são o mergulho em cavernas com observação da fauna subaquática e a flutuação. Usando roupa especial de neoprene, máscara e snorkel, o visitante se joga em rios como o Da Prata e o Formoso e deixa-se levar por águas calmas e cristalinas, observando peixes nadarem tranqüilamente abaixo de seu corpo.

Em terra, o destaque fica por conta das escaladas. O Abismo Anhumas, por exemplo, atrai os aventureiros mais corajosos, que descem 72 metros de rapel. As trilhas também fazem sucesso entre os turistas. Quase sempre em mata ciliar, proporcionam a observação de animais silvestres.

Outro passeio que faz sucesso entre os turistas é a visita às grutas ou cavernas de Bonito. Porém, fique atento, nesse caso é preciso mais do que vontade de conhecer, já que experiência e equipamento adequado são obrigatórios, por isso se informe em agências de turismo locais antes de tentar se aventurar.

Turismo Sustentável, um exemplo para todos

Bonito é um dos grandes destaques no cenário turístico nacional, especialmente quando o assunto é natureza. Desde meados da década de 90, quando adotou um sistema que conseguiu equilibrar visitas e conservação do meio ambiente, a cidade virou um exemplo de turismo sustentável. Por lá, a comunidade se envolve em todos os serviços oferecidos buscando a harmonia na utilização dos recursos naturais, e os turistas são obrigados por lei a pagar taxa de visita e contratar um guia credenciado para passear pelas atrações turísticas locais. Tudo visando a preservação.

Além das belezas naturais ao seu redor, a cidade conta com uma boa infra-estrutura com hotéis e pousadas para todos os gostos e bolsos, além de boas opções de restaurantes.

O período das chuvas, entre os meses de dezembro e março, é considerado o ideal para uma viagem a Bonito. A temporada, marcada pela abundância de água, eleva o nível dos rios e apresenta cachoeiras caudalosas como nunca. Além disso, a vegetação, ainda mais verde, atrai animais silvestres em busca de alimento, tornando as atrações locais ainda mais atraentes para quem curte natureza. Já entre maio e agosto, os campos ficam mais secos, causando queimadas e afastando a fauna.

Fonte: UOL Viagem

Entre em sintonia com a natureza do Pantanal

A arara é um dos animais mais bonitos do pantanal
O Centro-Oeste do Brasil é onde mora a natureza selvagem. Ao longo de seus quatro biomas- Amazônia, Cerrado, Chaco e Mata Atlântica -, desenvolvem-se ali uma fauna e flora de incomparável beleza e diversidade. Apesar da tranquilidade que o lugar inspira, também é possível bolar um roteiro variado na região. As opções são pesca, safári, trilhas e passeios de barco. E o que é melhor: sem agredir a natureza, com pouca dificuldade e a um custo baixo. 

Começando pelo Abismo Anhumas, pequena fissura no solo de Bonito (MS), de onde se pode descer de uma altura de 72 metros, o equivalente a um prédio de 30 andares, à base do rapel. Na caverna do abismo, igualmente grande (tem as dimensões de um campo de futebol), é possível praticar snorkel a uma profundidade de 18 metros, com uma visão perfeita do interior do lago. A Cachoeira do Rio do Peixe é para quem gosta de bichos e de relaxar. Ali, rodeiam a queda d'água araras, tucanos e macacos, entre outros, mas mesmo eles são pacíficos. Nas inúmeras piscinas naturais, pode-se tomar longos banhos de cachoeira. A água é fria, mas é só o tempo de se acostumar, e o sol também ajuda. 

Um roteiro, que é um mix dos dois acima, de esporte radical com bichos ao longo do percurso, é o rafting no Rio Formoso. É um percurso de 7km até a Ilha do Padre, que passa por três cachoeiras e, às margens, é comum ver pássaros, macacos e sucuris, inofensivamente enroladas em troncos de árvores. 

O auge do esplendor pantaneiro, contudo, é a Gruta do Lago Azul, cartão-postal de Bonito. De águas transparentes, seus 90 metros de profundidade são recheados de raios de sol, o que realça a intensidade do azul que dá nome ao lago. Outro deleite visual são as estalactites e estalagmites. 

Fonte: Terra

Mergulhe em Bonito, o paraíso das águas

Rio Sucuri
Centenas de cachoeiras, lagos, rios, grutas e paredões rochosos fazem a cidade de Bonito, em Mato Grosso do Sul, ser conhecida como paraíso das águas. Até janeiro, a visita ao local é ainda mais sensacional devido à presença do sol, que faz com que as águas fiquem mais azuis e transparentes.

São três os principais rios de água cristalina na região: Baía Bonita, Prata e Sucuri. Neles, há uma enorme variedade de vida aquática, que pode ser contemplada pela prática de flutuação - com roupas de neoprene e snorkel - ou mergulho com cilindro. Você vai se deparar com mais de 40 espécies de peixes e muitas plantas.
As cachoeiras também são belíssimas. Devido à grande quantidade de calcário nas rochas, troncos e folhas, o aspecto da água se torna peculiar e interessante. Na Serra da Bodoquena, região onde está situada a cidade, a rocha calcária permeia todo o complexo hídrico, dissolvendo o mineral nos rios. Esse tratamento natural é o que deixa a água tão transparente.
Além disso, há mais de 80 cavernas na região, algumas inundadas total ou parcialmente. Estalactites, cortinas e estalagmites conferem a elas um aspecto de santuário, de catedrais góticas. A impressão que se tem é que o arquiteto espanhol Antonio Gaudi se inspirou em Bonito para conceber suas obras.

Éden submarino
A cidade é um dos melhores destinos de ecoturismo no Brasil. Aqui, as principais atividades são o mergulho em caverna, rapel, trekking, cavalgada, motocross, rafting e passeios de bicicleta. Bonito atrai não apenas pela ecologia e beleza dos atrativos turísticos, mas também pela organização e qualidade dos serviços.
São mais de 4 mil leitos, entre hotéis e pousadas, e o turismo ocorre de forma sustentável, com exploração responsável da natureza. Os passeios são todos obrigatoriamente acompanhados por guias credenciados e a pesca é proibida nos rios da região. Porém, a maioria das atrações estão localizadas em propriedades particulares, as trilhas passando pelas cachoeiras, os passeios de bote nos rios e o mergulho com cilindro em rios, lagos e cavernas.
No rio Sucuri, é possível praticar a flutuação em uma das três águas mais cristalinas do mundo. Se passar pela cidade até janeiro, a Gruta do Lago Azul é parada obrigatória, com sua água azul e espeleotemas (formações rochosas em cavernas) - nessa época do ano, ela fica ainda mais bonita.

Bote e rapel
O passeio de bote pelo rio Formoso também é uma aventura imperdível, por ser um dos mais límpidos do mundo. Suas pequenas cachoeiras e quedas d'água dão emoção ao tour, que pode ser feito inclusive por crianças. Outra experiência única é flutuar na nascente do rio Olho d'Água. Na Trilha do Mirante, magnífica, o guia apresenta a história de Bonito.
Se sua intenção é fazer rapel, a Boca da Onça é um dos lugares mais radicais, com 90 m de altura e desembocando no cânion do rio Salobra. Outra opção é o Abismo Anhumas, que possui uma fenda na rocha de 72 m e termina em um lago de água cristalina. E, no Ibirapê, o rapel é feito em árvores gigantescas e pode ser finalizado com chave de ouro: um banho em uma linda cachoeira.

Fonte: Terra

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Confraternização Ygarapé Tour e Bonito Scuba

No último sábado foi realizado a confraternização da agência Ygarapé Tour  e Bonito Scuba no restaurante Castelabate. Os funcionários e o proprietário Juca Ygarapé participaram do divertido amigo oculto realizado pela agência. A noite foi repleta de emoção, principalmente pelas as palavras do Juca, quando fez o agradecimento pela dedicação e empenho de seus funcionários. Desejando felicidades e sucesso para 2011.

Ygarapé Tour e Bonito Scuba

Equipe Ygarapé Tour e Bonito Scuba

Bonito recebe prêmio do Ministério do Turismo em Brasília


O município de Bonito, representado pelo prefeito municipal, José Arthur (PMDB), pelo secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Augusto Mariano e pelo presidente do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo) Cícero Peralta, recebeu no dia 7 de dezembro em Brasília o prêmio concedido pelo Ministério do Turismo, na dimensão Políticas Públicas, pela implantação em 2010 do Voucher Digital. A escolha foi anunciada na lista do resultado da I Chamada Para a Premiação das Melhores Práticas dos 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional/Estudo de Competitividade 2010. Ele é concedido em 13 dimensões que compõem o Estudo de Competitividade realizado junto aos destinos indutores, divididas e analisadas em capitais e não-capitais e julgadas por uma banca composta por 15 instituições nacionais, entre elas diversos ministérios e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Na dimensão Políticas Públicas foram premiados Bonito (MS) e Brasília (DF). O Voucher Digital foi lançado pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio e Secretaria de Administração e Finanças em maio deste ano, juntamente com a Nota Fiscal Eletrônica. Os objetivos das inovações são modernizar o recolhimento de tributos e as visitações aos atrativos turísticos, mediante controle em tempo real da capacidade de carga (lotação) como forma de garantir a exploração sustentável. A emissão do Voucher Digital se dá através do site www.voucherdigital.com.br, resultando, além da agilidade fiscal, em maior qualidade nos serviços, beneficiando os turistas, guias, agências de turismo e atrativos turísticos locais. Disponibiliza também a emissão do documento em horários fora do expediente, domingos e feriados. De acordo com o prefeito municipal, José Arthur, que recebeu o prêmio diretamente do ministro do Turismo Luiz Barretto, a escolha é um importante reconhecimento dos esforços do município para a modernização do setor mediante utilização de novas tecnologias, com o objetivo de melhorar cada vez mais as condições de atendimento ao turista.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Bonito/MS

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Palesta Aventura Especial com Dadá Moreira

Dia: 17 de Dezembro de 2010 às 19:00 horas no Auditório da Policia Militar de Bonito/MS.

A palestra é ministrada pelo esportista Dadá Moreira, paulistano, formado em direito e jornalismo e fotógrafo profissional, há 14 anos começou a sofrer os primeiros da Ataxia, doença neurológica que afeta o equilíbrio, coordenação motora fina, fala e visão.

Apesar dessas limitações, Dadá é praticante de vários esportes de aventura (escalada, rafting, pára-quedismo, off-road, cascading e outros) e do ecoturismo, mostrando que a verdadeira limitação está na cabeça e que é possível manter uma vida saudável e encontrar a felicidade se adaptando e gerenciando as dificuldades apresentadas no dia a dia. Dadá criou e coordena a ONG Aventura Especial.

TÓPICOS ABORDADOS NA PALESTRA
• Ecoturismo e Turismo de Aventura adaptados
• Esporte de Aventura Adaptado
• Turismo: uma excelente ferramenta para a inclusão
• Determinação para traçar e buscar objetivos
• Planejamento para superar limites
• Motivação e recuperação da auto-estima
• Transformar uma crise em oportunidade
• Criatividade e Adaptação
• Superação, enfrentando desafios
• Sociabilização através do esporte
• Trabalho em equipe



AVENTURA ESPECIAL é uma entidade de caráter social, sem fins lucrativos, que visa à inclusão da pessoa com deficiência no ecoturismo e à prática de esportes de natureza.

A ONG Aventura Especial nasceu da experiência de Dadá Moreira deficiente que passou ao conhecer os esportes de aventura e o ecoturismo como forma de reabilitação.

Para cumprir com sua missão, a ONG Aventura Especial definiu diferentes estratégias, que pretendem, somadas, criar na comunidade o conceito de que as pessoas com deficiência constituem um grupo que usufrui de todos os tipos de produtos e serviços, inclusive aqueles voltados a turismo, lazer e esportes na natureza.

Divulgar para o público geral, pessoas com deficiência e familiares o conceito de Esporte de Aventura Adaptado. Ou seja, a viabilidade da prática das atividades de aventura em contato com a natureza adaptados;

Informar os benefícios na reabilitação que podem ser conseguidos através do ecoturismo e do turismo de aventura;

Estimular as pessoas com deficiência a buscar na natureza e nas atividades de aventura adaptadas um caminho para reencontrar a auto-estima;

Incentivar a profissionalização (adaptações física e humana), gerando condições qualificadas no atendimento das pessoas com deficiência nas atividades turísticas.


Dadá Moreira teve a oportunidade de conhecer vários passeios em Bonito/MS, sendo um deles o Bote Ygarapé o único para pessoa com deficiência.

Dadá Moreira e Juca Ygarapé

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Bonito recebe prêmio nacional por inovação no ecoturismo

Foto: Marcelo Krause                   Gruta do Lago Azul


O município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, foi contemplado com o prêmio de "melhores práticas", na categoria “políticas públicas”, do Projeto 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional, do Ministério do Turismo. A implantação do "Voucher Único Digital", inovação que rendeu o prêmio a Bonito, permite o controle preciso da quantidade de visitantes.

Foi após os resultados de um estudo, realizado por biólogos e geólogos, que foi instituído um limite diário para o número de visitas e quantidade de pessoas em cada atrativo turístico em Bonito, de modo a minimizar o impacto ambiental. Para se ter uma ideia, no caso da famosa Gruta do Lago Azul, o limite é de 305 pessoas ao dia. Até essa faixa, a natureza é capaz de se recuperar das interferências causadas pela visitação.

A partir dos referidos dados, a prefeitura decidiu terceirizar a uma empresa o desenvolvimento do voucher único digital, que tem como função controlar, de forma objetiva e precisa, o número de turistas nos passeios, e assim, "poupar" o meio ambiente do excesso de impacto e agressões.

Como funciona - O diretor da secretaria de turismo, Clayton Castilho, informa que o visitante paga pelo voucher único digital em uma agência de turismo, com o qual, agenda seu passeio com até um ano de antecedência. Assim, não tem como o turista ir direto ao atrativo realizar o passeio, sem ter o voucher na mão. Por ser um sistema unificado, não há como uma agência vender o passeio se caso este já estiver com lotação máxima.

Assim que um visitante adentra um atrativo, o voucher emite cinco vias que são geradas digitalmente: para o turista, para o guia, para o proprietário do passeio, para a agência de turismo e uma última para o ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza). “O voucher acabou virando mais do que uma ferramenta de controle. Ele também é um documento fiscal da prefeitura”, pondera Castilho.

Sobre o Projeto 65 Destinos Indutores - Trata-se de um projeto do Ministério do Turismo, em parceria com o Instituto Marca Brasil (IMB) e Fundação Getúlio Vargas (FGV), que seleciona em todo o país 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional. Neste ano, 27 deles foram escolhidos para receber o prêmio de melhores práticas, no qual Bonito foi inserido. O objetivo é valorizar as inovações na atividade turística.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

Com informações Mtur e Agência Sebrae

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Juca Ygarapé participa da abertura Rally Dakar da Argentina

No mês de novembro foi realizado em Assunção a abertura do Rally Dakar da Argentina.
Estiveram presentes a Ministra de Turismo do Paraguai Liz Cramer, a paraguaia Leryn Franco Dahiana Steneri campeã especializada no lançamento de dardo, seu recorde pessoal é 55,38 metros, alcançado em maio de 2007, em Fortaleza e o empresário Juca Ygarapé.
O Rally iníciou no dia de hoje e vai até o dia 01 de janeiro de 2011.

Leryn Franco Dahiana Steneri e Juca Ygarapé











terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Bonito MS destaque em revista argentina

A Revista Argentina Lugares publicou em sua edição de dezembro de 2009 o destino de Bonito (MS) como um importante ponto de ecoturismo para se conhecer no Brasil.

A jornalista Carolina Reymundes em companhia do fotógrafo Fernando Dvoski conheceram o Abismo Anhumas, fizeram a flutuação e tiraram diversas fotografias no Recanto Ecológico Rio da Prata em Jardim (MS), conheceram a Gruta do Lago Azul, entre outros atrativos turísticos.

Veja abaixo um trecho da entrevista:

Nos últimos anos, Bonito tornou-se um centro de ecoturismo, com destaque para o uso responsável dos recursos naturais. Mais e mais criadores de gado, alterando o funcionamento do ecoturismo. "As mesmas pessoas que no início não queria nada com o turismo, agora me pedem para ir ao seu quarto, para ver se você tem potencial turístico", disse o proprietário da agência em Bonito.
... Aqui não falamos apenas do turismo, mas a consciência do turismo. Uma tarde eu perguntei a um guia de excursão, se ele sabia quando o turismo começou em Bonito. Ele respondeu com outra pergunta:O turismo consciente? Eu imagino que todo mundo aqui sabe de cor a definição de ecoturismo, o responsável da viagem para áreas naturais que conservam o ambiente e melhora o bem-estar da comunidade local...

Avistaje de aves tropicales. Autor: Fernando Dvoskin. 

Habitan, sobre todo, en el buraco das Araras, un inmenso cráter situado en medio del Mato Grosso do Sul.


Com informações Revista Lugares

IV Seminário Técnico da Agência Estadual de Metrologia em Bonito/MS

Bonito recebe entre os dias 06 a 09 de dezembro o IV Seminário Técnico da Agência Estadual de Metrologia,  orgão delegado do Inmetro.


O seminário está sendo realizado com a finalidade de discutir o balanço da parte técnica, o que será realizado no ano de 2011 e será oferecido treinamento para os participantes.


sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Encontro Nacional da Abrasel será em Bonito MS

O Encontro Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes - Abrasel, será realizado em Bonito (MS). A previsão é para o primeiro semestre de 2011 e deve reunir cerca de 600 pessoas.

De acordo com Rodrigo Coinete, diretor de Marketing do Convention & Visitors Bureau de Bonito, há uma expectativa de movimentação econômica em torno de R$ dois milhões para o período do evento. Bonito concorreu com Tiradentes e Rio de Janeiro, que desistiram de suas candidaturas em benefício a Bonito, essa é uma prova da atração que o nosso município exerce. Estamos satisfeitos e preparados para recebê-los", comemorou Coinete.

O Encontro Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, que acontece todo ano, tem o objetivo de profissionalizar as empresas e contribuir para um melhor ambiente de negócios no setor, abrir oportunidades para fomentar a integração dos empresários do setor, além de promover a atualização, profissionalização e gerar novos negócios. O Encontro reúne ainda, empresários, fornecedores, prestadores de serviços e lideranças nacionais do setor de alimentação fora do lar, um negócio que movimento muito dinheiro.

Fonte: Capital News
Texto Original: http://www.capitalnews.com.br/

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Bonito em 360° com o fotografo Marcio Cabral

Segue abaixo alguns links do trabalho do fotografo Marcio Cabral, fotos em 360°.


Gruta Azul 360°
www.360cities.net/image/grutalagoazul1#0.00,0.00,70.0

Gruta Azul super poster 180°
www.pbase.com/marciocabral/image/127718697

Praia da Figueira
www.360cities.net/image/figueira-beach-brazil#0.00,0.00,70.0

Gruta Sao Miguel
www.360cities.net/image/gruta-sao-miguel-1#0.00,0.00,70.0

Estância Mimosa
www.360cities.net/image/mimosa1-brazil#0.00,0.00,70.0

Bonito sedia o primeiro congresso médico nacional realizado no MS


A cidade de Bonito-MS recebeu, entre os dias 16 e 20 de novembro de 2010, o XII Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e o II Congresso Pan-americano de Cirurgia do Diabetes tipo 2. Este é o primeiro congresso médico de abrangência nacional realizado no Estado do Mato Grosso do Sul. O evento contou com a participação de 1.500 pessoas, entre congressistas, expositores, equipes de apoio e acompanhantes. Presidido pelo Dr. James Câmara de Andrade, o congresso contou com a presença do govenador do Estado do MS, Dr. André Puccinelli, e de vários palestrantes internacionais.

Cerimônia de abertura
Ponte aérea
Para atender ao evento, foram fretados 22 voos, fazendo uma verdadeira ponte aérea entre Bonito e Campo Grande, a capital do estado. Desta forma, os congressistas desembarcavam em voos regulares de todo o Brasil no aeroporto de Campo Grande e de lá faziam conexão aérea para Bonito.
 
Pavilhão de exposições climatizado
O evento também inaugurou o sistema de climatização do pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Bonito. Foram 1.000 m2 de área de exposição climatizada, que proporcionaram conforto para as dezenas de expositores nacionais e internacionais que participaram do evento.
 
Jantares temáticos
Os congressistas ficaram encantados com os jantares temáticos oferecidos durante todas as noites do evento. Os jantares foram servidos no restaurante do Centro de Convenções de Bonito e foram animados por artistas do estado.
 
Geração de empregos e renda durante a baixa temporada
Durante a semana do evento, que ocorreu em um período de baixa temporada, praticamente todos os hotéis da região ficaram lotados. O evento gerou uma renda estimada de R$ 4 milhões, que foram gastos nos hotéis, restaurantes, atrativos turísticos, comércio e rede de serviços da cidade. O Instituto Família Legal, uma importante ONG de Bonito, produziu todas as bolsas para o evento. Estima-se que o evento tenha gerado cerca de 500 empregos diretos e indiretos.

Consolidação de Bonito como destino de eventos médicos
Com o sucesso do evento, a cidade de Bonito-MS comprovou sua vocação para receber congressos médicos de porte nacional. A cidade oferece uma infra-estrutura de excelência para eventos, segurança e a exuberância natural do mais premiado destino de ecoturismo brasileiro.
Fotos do evento: 
 
Pavilhão de exposições
 

Decoração restaurante na festa de encerramento


Decoração restaurante na "Noite de Bonito"


Decoração restaurante



Decoração restaurante
----------
Fonte: ASCOM - Assessoria de Comunicação | Bonito Convention & Visitors Bureau
ascom@bcvb.com.br
Tel. +55(67) 3255-2207
www.bcvb.com.br

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Inauguração do câmpus UFMS de Bonito

Na manhã desta segunda-feira (29), foi inaugurado as novas instalações do Câmpus da Universidade Federal Mato Grosso do Sul em Bonito.  


A professora Célia Maria da Silva Oliveira, Reitora da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, está em Brasília representando a Instituição, que foi representada em Bonito, pelo professor João Ricardo Tognini, Vice-Reitor da UFMS, e pelo professor Noslin de Paula Almeida, diretor do câmpus de Bonito.


Através de transmissão simultânea o Presidente da República do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva participou do evento.

Estiveram presentes na cerimônia, professores, técnicos e alunos, além do Prefeito do município, José Arthur Soares de Figueiredo.

O diretor do câmpus, agradeceu a colaboração da comunidade e das autoridades municipais pelo apoio e parcerias. "O governo Federal oportunizou à comunidade de Bonito as novas instalações que serão utilizadas por acadêmicos de toda região".

 
O câmpus de Bonito tem infraestrutura adequada para atender as atividades de ensino, pesquisa e extensão. São salas de aula, biblioteca, auditório com capacidade para 100 lugares, laboratório de informática, área de convívio e salas administrativas.


sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Blogueiros chegam hoje em Bonito MS

Está previsto para hoje (25) a chegada em Bonito (MS) da blogueira Jana Calaça, autora do Blog Jeguiando, em companhia de Erik Pzado com a finalidade de conhecer os atrativos turísticos da região e descobrir o porquê do destino ser considerado por nove vezes consecutivas o Melhor Destino de Ecoturismo do Brasil.
Blog Jeguiando e Ygarapé Tour

Confira o post sobre Bonito MS no Blog Jeguiando!

A vinda da blogueira para o município deu-se através da parceria das empresas Bonito Web, Ygarapé Tour, Marruá Hotel e Conselho Municipal de Turismo de Bonito - Comtur.
Entre as atividades propostas para o grupo estão: visita ao Balneário Municipal; passeio de bote no Rio Formoso; flutuação no Rio da Prata; visita ao Buraco das Araras e ao Projeto Jiboia; passeio na Gruta do Lago Azul e Estância Mimosa Ecoturismo.
Buraco das Araras são alguns dos atrativos que os blogueiros vão conhecer em Bonito.

O roteiro gastronômico de Bonito também serão desvendados pelos visitantes. Estão programados: almoço no Restaurante do Bosque, jantar nos Restaurantes Castelabate e no Restaurante Casa do João e visita à Pastelaria Pastel Bonito.
Os blogueiros ficam na cidade até o dia 29 de novembro.

Fonte: Bonito Brasil

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Bonito

Divulgação
Gruta do Lago Azul, em Bonito (MS)

CARLA NASCIMENTO*
da Folha Online

O município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, é conhecido como “paraíso das águas”. E se o codinome que recebeu não é mera força de expressão, também pode-se dizer que uma cidade nunca mereceu tanto o nome que tem. De fato, quem vai a Bonito não tem como ficar indiferente com a limpidez das águas dos rios e a beleza da paisagem do lugar.

Bonito é um paraíso para quem gosta de praticar rapel, mergulho, trekking, cavalgada, motocross, rafting ou para os que preferem simplesmente contemplar a natureza.

Distante 1.200 km de São Paulo e 1.444 km do Rio de Janeiro, a região de Bonito possui centenas de cachoeiras, lagos, rios, mais de 80 cavernas, grutas e paredões rochosos e flora e fauna riquíssimas.

Para quem pensa que uma quantidade tão grande de atrações ecológicas em uma mesma região não apresenta diferenças, Bonito desfaz esta idéia. Cada passeio reserva uma surpresa e tem beleza e característica própria.

Berço de três rios de águas cristalinas -Baía Bonita, Prata e Sucuri- uma viagem pelas águas de pelo menos um destes sítios ecológicos é obrigatória para quem visita a região. Os passeios são feitos por meio de flutuação, com roupas de neoprene e snorkel, proporcionando ao visitante um contato direto com peixes e plantas e uma visão deslumbrante da paisagem que existe no fundo dos rios.

A visão de uma catedral gótica decorada com esculturas naturais faz de uma visita a uma das grutas ou cavernas da região um passeio imperdível. A Gruta do Lago Azul e o Abismo Anhumas são os mais indicados, tendo em vista que uma parte das cavernas e grutas da região está sendo estudada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) para poderem ser liberadas para visitação.

Para contemplar a região e fazer um programa divertido, o passeio de bote pelo rio Formoso está em quase todos os roteiros de quem vai a Bonito. O rio tem pequenas cachoeiras e quedas d‘água que proporcionam um rafting leve e que pode ser feito até por crianças.

Propriedade particular

Um aspecto que chama atenção em Bonito é a estrutura montada para receber o visitante. A maioria dos locais tem excelente infra-estrutura e percebe-se o cuidado para não agredir a natureza, fazendo com que as construções necessárias sejam adaptadas ao ambiente.

Quase todos os locais abertos para visitação são de propriedade particular e estão dentro de fazendas. Algumas desenvolvem apenas a atividade turística, outras procuram harmonizar a pecuária com o ecoturismo.

Os proprietários creditam ao investimento em estrutura e conservação dos locais os altos preços cobrados pelos passeios, que custam, em média, R$ 40. Os passeios mais baratos são aqueles que não exigem o uso de equipamentos ou a presença de guias, como os balneários, por exemplo, que custam, em média, R$ 10.

Algumas iniciativas por parte do Estado estão sendo tomadas para tornar o turismo na região mais acessível economicamente. Este ano foi assinado o decreto para desapropriar uma área para a criação do Parque da Bodoquena. Com isso, a área passará a ser administrada pelo Estado e, acredita-se, o acesso ficará mais barato.

* A repórter Carla Nascimento viajou a convite da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul, da Ygarapé Tour e da organização do Festival de Inverno de Bonito. 
 

Bonito é parada obrigatória durante Copa do Mundo de 2014, afirma jornalista alemão

Para o jornalista alemão Peer Vorderwülbecke, da ARD, rádio e televisão pública da Alemanha, os torcedores europeus que vierem até o Brasil para acompanhar os jogos da Copa do Mundo de 2014 devem dar uma "esticada" até Bonito (MS).

Já há um mês no País realizando uma série de reportagens sobre as cidades-sede da Copa, o jornalista, por sugestão da Embratur, através do apoio da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, optou por sair do roteiro das cidades-sede para conhecer Bonito e Campo Grande.
"Valeu a pena", disse Peer para a diretora-presidente da Fundtur, Nilde Brun, que concedeu uma entrevista ontem (23) para o jornalista. Segundo ele, o turismo de Bonito impressiona pela estrutura e segurança e vai agradar o turista do seu continente. "O europeu gosta muito de esportes outdoor (praticados ao ar livre) e Bonito é repleto desses atrativos, com a vantagem de apresentar equipamentos de segurança de qualidade".
Além da proteção nos passeios, Vorderwülbecke destacou a conscientização ecológica na região. "Além da natureza em Bonito ser linda é de se admirar o cuidado que se tem com a preservação, não vemos lixo, nos passeios nem nas ruas, existe um envolvimento geral".
Nilde Brun explicou que em Bonito existe uma soma de esforços entre poder público, privado, entidades ligadas ao turismo e comunidade local. "É um modelo de gestão que envolve todos os elos da cadeia, com profissionalismo, e o resultado é a qualidade e estrutura de Bonito que carrega o título, pelo nono ano consecutivo, de melhor destino de ecoturismo do Brasil", ressaltou Nilde Brun.

O jornalista Peer Vorderwülbecke seguiu para Porto Alegre para dar continuidade às reportagens que irá produzir nos próximos seis meses sobre as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014.

Informações Fundação de Turismo de MS

Caravana paranaense conhece práticas adotadas em Bonito MS

 Representantes de entidades de apoio ao turismo e empresários de Tibagi, na região dos Campos Gerais, chegaram ontem (23) em Bonito (MS). A caravana técnica reúne um grupo de 20 pessoas que vão observar boas práticas realizadas pela gestão pública e privada e, ainda, ações voltadas para o associativismo, o que potencializa os atrativos turísticos de Bonito, município referência em belezas naturais e pelas atividades voltadas ao turismo de aventura e ao ecoturismo

As cachoeiras da Estância Mimosa receberão a visita da caravana de Tibagi.


Realizada pela Prefeitura de Tibagi e pelo Sebrae/PR, a caravana técnica é uma iniciativa que integra as ações propostas no projeto "Turismo nos Campos Gerais", uma estratégia que visa promover o acesso a novos mercados e, ainda, propõe a realização de uma séries de atividades, como capacitações empresariais coletivas, por meio de treinamentos, palestras, seminários e caravanas técnicas, entre outras ações.

A escolha do destino, segundo a consultora do Sebrae/PR, Nádia Terumi Joboji, se deu pela similaridade do município com Tibagi, que entre os principais atrativos está o Canyon Guartelá, considerado o sexto maior do mundo em extensão, e a prática de rafting no Rio Iapó. "Bonito é um exemplo no que diz respeito ao ecoturismo e turismo de aventura, com atrativos que são administrados tanto pelo poder público quanto por empreendimentos privados. São esses modelos que os empresários e representantes de entidades, e a prefeitura de Tibagi, querem conhecer na prática", diz Nádia Joboji.

Segundo o prefeito de Tibagi, que também preside a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), Sinval Silva, a viagem técnica foi organizada para conhecer boas práticas na gestão do turismo, para aplicá-las em Tibagi. "Nós também queremos ser uma referência no turismo no Brasil, assim como é Bonito. Será uma oportunidade para conhecer as políticas municipais que eles têm", avalia Sinval Silva.

Em Bonito, a primeira atividade programada é uma palestra sobre a região, na quarta-feira, dia 24, às 9 horas. Na sequência, o grupo segue para o Balneário Municipal Rio Formoso, conhecido por suas águas cristalinas que permitem uma visão nítida de peixes de cores e tamanhos variados. À tarde, os participantes da caravana técnica vão visitar hotéis e agências de viagens que operam no município.

Na quinta-feira, dia 25, o grupo vai conhecer os atrativos da Gruta do Lago Azul, a Estância Mimosa, suas cachoeiras e trilhas, e, ainda, fará uma visita à Fábrica da Taboa, local que integra o roteiro cultural-turístico de Bonito, onde é possível conhecer a mistura dos ingredientes, a confecção das garrafas com fibra de taboa, uma boutique com produtos exclusivos, além da história do bar e da bebida, conhecida em todo o Brasil.

No último dia da caravana técnica, sexta-feira, 26, os participantes visitam o Parque Ecológico do Rio Formoso, onde terão a oportunidade de descer o rio de bote e, ainda, vão fazer flutuação no Rio Sucuri. No final da tarde de sexta-feira, o grupo retorna a Tibagi.

"A viagem é uma oportunidade para que o grupo visualize ações que podem ser replicadas em Tibagi e, ainda, troquem experiências com empresários e a administração pública de Bonito", observa a consultora do Sebrae/PR.

Informações Paranashop e Sebrae PR

Expedição AIRCROSS conhece as belezas naturais de MS


O Grupo de expedicionários de uma das maiores aventuras já realizadas pelo País, a AIRCROSS está em Mato Grosso do Sul. A expedição chegou no dia 20 em Dourados, passou em Jardim para conhecer o Buraco das Araras, e ontem visitou Bonito, considerada a capital nacional do ecoturismo. No município participaram de um rapel na cachoeira Boca da Onça, atrativo com 156 metros de altura e considerado o maior do Estado.

Hoje os expedicionários conhecerão a cultura pantaneira. A primeira atividade será uma travessia de bicicleta pelo parque-hotel Corumbá. À noite, uma caminhada para focagem de animais. Na manhã do dia 24, uma nova divisão do grupo. Os expedicionários podem escolher entre explorar rios ou cavalgar.

Campo Grande é a última parada no Mato Grosso do Sul, no dia 25. Logo pela manhã a Expedição AIRCROSS parte para mais uma jornada, desta vez de cerca de 260 quilômetros, com previsão de chegada por volta do meio-dia na concessionária Citroën Motor3 France da cidade. Após almoço com convidados e jornalistas, o grupo segue para o Parque Nacional das Emas, em Goiás.
Durante toda a viagem, a antropóloga Valéria Brandini fará o levantamento cultural das regiões, em busca de fatos que reflitam a influência do tempo na formação de novos conceitos cíveis. Enquanto isso, o músico Gabriel Levy busca interação com artistas e comunidades locais em busca de ritmos e sonoridades que representem o espírito de uma expedição. Já o chef Dalton Rangel encara o desafio de reinventar pratos tradicionais, utilizando toques gourmet e combinações até então improváveis.

Informações Correio do Estado

Concurso realizado em Bonito revela beleza das mulheres sul-mato-grossenses no exterior

As brasileiras Luíza Soto Arévalos, da cidade de Ponta Porã (MS) e Thaís Artuzi, da cidade de Dourados (MS) garantiram o Título Internacional ao Brasil no último sábado (13) - Miss Beleza Mundial 2010 - em concurso realizado na República Dominicana.

As duas representantes do Brasil ganharam o direito de participar da competição internacional ao vencerem o Concurso Beleza Fashion Brasil, realizado na cidade de Bonito em junho deste ano. Na República Dominicana o concurso foi realizado entre os dias 7e 14 de novembro.


Luíza Soto e Thaís Artuzi

Além de mostrar a beleza, as misses tiveram que se apresentar em desfiles de gala, fashion, banho, marinheiro e roupas típicas. Este ano o concurso internacional homenageou a Espanha e o traje principal das candidatas foi o Maja. As modelos também visitaram projetos sociais e os pontos turísticos do país.

Na categoria Pré-Teen, o Brasil ganhou o principal título de Miss Beleza Fashion Mundial com a sua representante Luíza Soto Arévalos, de 13 anos de idade, natural de Ponta Porã (MS), filha de Nina Soto e César Tadeu Arévalo. Ela também traz em seu currículo os títulos de Miss Mato Grosso do Sul Juvenil/2009 e 2ª colocada no Miss Brasil Juvenil/2009, evento realizado em São Paulo (SP).

Coroada Miss Brasil Juvenil/2010, Luiza Soto é modelo Profissional agenciada em São Paulo nas agências Five Models, Nini Casting, Pequeno Gênio e no Rio de Janeiro na agência de modelos Desir. Além do título principal na República Dominicana, conquistou as faixas de melhor sorriso e melhor traje típico.

Na categoria Teen, o Brasil ganhou o título principal de Miss Beleza Fashion Mundial, com a douradense Thais Artuzi, com 14 anos de idade, filha de Tânia Cristina e Antonio Carlos Artuzi. Com sua simplicidade e uma beleza exótica, Thaís traz em seu currículo os títulos conquistados no ano de 2009 de Miss Brasil Juvenil Fotogenia, em São Paulo (SP) e o primeiro lugar no concurso Miss Mato Grosso do Sul, realizado na cidade de Dourados (MS), no dia 16 de dezembro de 2009, conquistando o direito de representar o seu Estado no concurso Miss Brasil.

Neste ano Thaís Artuzi conquistou o título de Miss Brasil Teen, na cidade de Bonito (MS), em evento nacional denominado Concurso Beleza Fashion Brasil. A representante do Brasil adora passear com as amigas e praticar handebol. "Parece que estou vivendo um conto de fadas, estou muito feliz com mais este título, e com certeza tenho uma responsabilidade muito grande após esta conquista".
Ela diz que tem que levar "o nome do meu país para todo o mundo, mostrando nossas belezas naturais e o grande potencial econômico que o nosso Brasil pode oferecer para os investidores internacionais, porque para ser Miss não é só ter rostinho bonito, mas com certeza ter algo a mais, que fará a diferença. Por isso sonhe, acredite, lute sempre pelos seus ideais, que a conquista será só uma conseqüência", afirma Thais. Além do título principal, Thais Artuzi, foi a ganhadora da faixa do melhor traje fashion do concurso.

Informações Mercosul News